Quem foi Griselda Blanco: a história real da série Netflix

Sofía Vergara em cena de série que conta quem foi Griselda Blanco, na Netflix
Sofía Vergara interpreta Griselda

Griselda Blanco, tema de minissérie da Netflix com Sofía Vergara e de filme do Lifetime com Catherine Zeta-Jones, foi a narcotraficante colombiana mais reconhecida no mundo das drogas. De forma poderosa e impiedosa, comandou o tráfico de cocaína nos Estados Unidos nas décadas de 1970 e 1980, antes de Pablo Escobar e do Cartel de Medellín.

Talvez você ainda não conheça Griselda Blanco (1943-2012), mas passou a se interessar pela história real da mulher colombiana por causa da minissérie “Griselda”, disponível para assistir na Netflix. Em seis episódios, a produção conta como a empresária saiu da obscuridade para se tornar “A Madrinha” do submundo das drogas nos Estados Unidos. Sofía Vergara (de Modern Family) interpreta a protagonista, além de assinar a produção executiva.

LEIA TAMBÉM -> De Griselda Blanco jovem a mistério ‘quem matou?’: as fotos reais

Para quem gosta de “séries sobre o mundo das drogas”, vale destacar que Griselda reúne os criadores da premiada Narcos e de Narcos: México, Eric Newman e Andrés Baiz.

“Desde os primeiros dias da minha pesquisa sobre o que se tornou Narcos, Griselda saltou para mim como uma personagem fascinante. Sempre me esforcei para humanizar pessoas complicadas, muitas das quais foram consideradas más, e Griselda ofereceu o maior desafio e a maior oportunidade”.

Eric Newman, showrunner de Griselda, em entrevista ao Tudum

História real de Griselda Blanco

Griselda nasceu na Colômbia, em 1943. Já teria começado na vida criminosa aos 11 anos, depois de sequestrar e matar um menino rico. Em 1964, entrou nos Estados Unidos de forma ilegal acompanhada do marido e já com três filhos –ela tinha apenas 21 anos. Em Nova York, começou a vender maconha, mas fez fortuna mesmo quando chegou a Miami e passou a traficar cocaína.

O currículo criminal da traficante inclui o assassinato de três maridos, o que deu origem a um de seus apelidos: Viúva Negra.

Griselda organizou o uso de mulheres charmosas, idosos e crianças como mulas, e criou malas com fundo falso para contrabandear cocaína da Colômbia. Com muito dinheiro na família, os filhos dela abandonaram a escola para ingressar no negócio do crime.

Ao longo das décadas de 1970 e 1980, Griselda tornou-se uma das mulheres mais ricas e temidas do mundo. Blanco, que movimentava cerca de US$ 80 milhões por mês com seus crimes, chegou a ter uma fortuna de mais de US$ 2 bilhões. Supervisionou o tráfico de quase duas toneladas de cocaína por mês para os Estados Unidos.

“Nunca houve uma mulher que chegou perto de alcançar o poder, a riqueza e o respeito que Griselda conquistou. E nenhum traficante, mulher ou homem, alguma vez provocou o mesmo nível de medo. Griselda é uma história de ascensão e queda como nunca vimos antes. É emocionante, emocional, engraçado, assustador e trágico. Griselda é uma anti-heroína do mais alto nível e uma série de contradições em desacordo com ela mesma.”

Eric Newman
Griselda Blanco: Netflix conta a história de quem foi a traficante que abalou os Estados Unidos no século passado

Ligação entre Griselda e Pablo Escobar

Griselda e Pablo Escobar (1949-1993) tinham negócios em comum. Alguns chegam a dizer, inclusive, que a mulher foi um tipo de “mentora” para o narcotraficante mais famoso do mundo. A relação acontece porque Blanco que iniciou a rota da cocaína entre Colômbia e Miami, caminho popularizado e usado pelo Cartel de Medellín, de Escobar. Por causa desse pioneirismo no crime, Griselda ganhou os apelidos de “rainha” ou “madrinha” da coca.

A traficante também é historicamente associada à violência como método de negócio. Pablo Escobar teria dito que “um dos ‘homens’ que ele mais tinha medo era Griselda Blanco”. Ela mandou matar mais de 200 pessoas, muitas delas assassinadas à luz do dia.

Como Griselda morreu na vida real?

O uso da violência contra concorrentes de Miami fez com que Griselda virasse alvo de muita gente. Por isso, mudou-se para a Califórnia na década de 1980, buscando escapar das tentativas de assassinato. Da morte ela até escapou por um tempo, mas da polícia não.

Sofía Vergara na série Netflix e Griselda Blanco na vida real
Sofía Vergara na série Netflix e Griselda Blanco na vida real (Fotos: Reprodução)

Em 1985, foi presa por agentes do DEA (Administração de Fiscalização de Drogas) em casa. Julgada e sem direito a fiança, acabou condenada por fabricação, importação e distribuição de cocaína. Além disso, ainda tinha três assassinatos na conta de acusação. Passou quase 20 anos na prisão, de onde continuou gerenciando seu negócio de cocaína.

Conseguiu a liberdade apenas em 2004, quando foi deportada para a Colômbia. Três dos filhos de Griselda já morreram. Michael Corleone Blanco é o único herdeiro ainda vivo, atualmente tem 45 anos de idade.

Enquanto viveu na Colômbia depois da prisão, a traficante até tentou levar uma vida tranquila. No entanto, não conseguiu se livrar totalmente do passado criminoso e repleto de inimigos. Em setembro de 2012, morreu vítima de tiros disparados por um homem de moto em Medellín.

Michael Corleone não gostou da série

A família não participou da produção da série da Netflix, o que deixou o caçula bastante incomodado. Além disso, ele considerou um desrespeito Sofía Vergara ter ficado “feia” para interpretar a mãe dele.

“As pessoas veem as fotos na cadeia e se baseiam nelas, mas ao ler meu livro, vocês verão porque minha mãe era chamada de boneca de porcelana na juventude”.

Michael Corleone Blanco, ao Daily Mail
Catherine Zeta-Jones vive Griselda no filme A Rainha da Cocaína
Catherine Zeta-Jones interpreta Griselda no filme A Rainha da Cocaína, do canal Lifetime

Filme A Rainha da Cocaína

Além da minissérie, Griselda Blanco também virou tema de filme. A Rainha da Cocaína (Cocaine Godmother: The Griselda Blanco Story), protagonizado por Catherine Zeta-Jones, foi lançado em 2017 na TV norte-americana. Na estreia, registrou uma audiência de 10 milhões de telespectadores.

Aqui no Brasil, a produção não está disponível em nenhum serviço de streaming atualmente. Contudo, vai passar na TV paga do Brasil nesta sexta-feira (26), às 21h15 (horário de Brasília), no canal Lifetime.

-> Netflix: Lançamentos de fevereiro de 2024

Vinícius Andrade
Criador do Crônicas do Agora. Jornalista que trabalha com foco em SEO e na criação de conteúdos para diferentes plataformas. Interessado em boas conversas, textos e histórias. Já foi editor do Notícias da TV, além de ter atuado como social media, roteirista e produtor ao longo da carreira de mais de 11 anos. E-mail: viniandrade@cronicasdoagora.com.br
Últimas notícias
Séries e TV

Conheça os 10 participantes do Largados e Pelados Brasil 2024

Agora

Procon-SP analisa mudança de plano vitalício após estreia da Max