De Griselda Blanco jovem a mistério ‘quem matou?’: as fotos reais

Fotos de Griselda Blanco jovem e mais velha, pouco antes da morte aos 69 anos
Griselda Blanco em fotos reais

Crônicas do Agora te mostra uma série de fotos de Griselda Blanco jovem, além de imagens reais da madrinha do tráfico enquanto esteve presa nos Estados Unidos. Morta na Colômbia em 2012 por assassinos não identificados, mulher que virou tema de série da Netflix com Sofía Vergara teve vida no crime, quatro filhos e muitas mortes na conta.

Minissérie da Netflix com Sofía Vergara, Griselda retrata a ascensão e a queda de Griselda Blanco (1943-2012). Poderosa, rica e violenta, a colombiana montou um império do tráfico em Miami entre os anos 1970 e 1980. A produção do streaming mostra com detalhes como aconteceu esse processo, o que ela fez, com quem conviveu e como foi presa.

No entanto, a série Netflix não exibe de que forma a traficante morreu nem como ela viveu seus últimos anos na Colômbia. Além disso, os telespectadores ficaram curiosos para ver fotos reais de Griselda Blanco jovem.

Griselda em foto real com os quatros filhos: Michael, Osvaldo, Uber e Dixon
Griselda com os filhos Michael, Osvaldo, Uber e Dixon (Foto: DEA/Divulgação)

Foto de Griselda Blanco jovem

Griselda Blanco nasceu em 1943 e chegou ao topo do crime na década de 1970, ou seja, já dá para imaginar que não tem tantas fotos dela muito jovem. Além disso, a maioria dos criminosos não gostam muito de registros em imagens, por motivos óbvios. Ela, porém, era do time da extravagância e não curtia se esconder.

Publicadas em sites internacionais, as fotos de Griselda antes de ser presa e julgada, em 1985, foram divulgadas pelo DEA (Administração de Fiscalização de Drogas), órgão federal de segurança do Departamento de Justiça dos Estados Unidos responsável pelas investigações e prisão da madrinha do tráfico em Miami. Também há registros exibidos no documentário Cocaine Cowboys, de 2006, e no Instagram do único dos quatro filhos ainda vivo: Michael Corleone Blanco.

Griselda Blanco jovem em foto rara: posando sozinha
Griselda Blanco em foto rara: posando sozinha (Divulgação/DEA)

“A aparência de Griselda não demonstrava a violência física que ela costumava aplicar. Era uma mulher em uma profissão muito masculina e teve que demonstrar que era válida a sua posição, demonstrando esse tipo de violência. Nunca encontrei uma mulher tão violenta quanto ela e são muito poucos os homens que tem esse caráter tão violento”.

Nelson Andreu, sargento da polícia de Miami e ex-detetive da narcóticos
Grisleda Blanco jovem e seu filho, Michael Corleone Blanco
Griselda Blanco e seu filho, Michael Corleone Blanco (Foto: Reprodução/Instagram-Michael Corleone)

“Eu investiguei vários serial killers e saio por aí ensinando sobre serial killers, mas considerando a crueldade e a falta de preocupação com pessoas inocentes, ela está no topo da lista de longe. Você conhece os serial killers, eles podem ter como alvo, mas têm como alvo uma pessoa de cada vez”, argumentou Nelson Andreu, sargento da polícia de Miami e ex-detetive, sobre Griselda.

Imagens reais de Griselda em três momentos diferentes da vida
Griselda em três diferentes momentos da vida

Griselda Blanco morta

Quem matou?

Não sei você, mas eu fiquei muito curioso para entender como Griselda morreu, pois o final da série Netflix coloca as informações apenas de forma escrita. Seria interessante se eles tivessem feito mais um episódio para mostrar a vida dela pós-cadeia até a morte, né? Mas enfim…

Depois de ficar quase 20 anos presa nos Estados Unidos e se livrar da pena de morte na cadeia, a traficante terminou deportada para a Colômbia em 2004. Investigadores estranharam o fato de a madrinha da cocaína ter escolhido morar em Medellín, onde passou a infância, pois ela tinha muitos inimigos na região.

Porém, mais uma vez, ela conseguiu sobreviver durante mais tempo do que muitos esperavam. Viveu seus últimos oito anos de forma confortável e tranquila no bairro El Poblado, que alguns descrevem como a “Bel-Air colombiana”, em um condomínio fechado e exclusivo com os seus próprios seguranças armados.

Depois de sobreviver a décadas de juras de morte e perseguição, Griselda Blanco terminou assassinada em 3 de setembro de 2012, quando tinha 69 anos de idade.

Imagens de quando Griselda Blanco foi morta em açougue
Griselda morreu na porta deste açougue em Medellín

Como aconteceu a morte da madrinha do tráfico

Levou dois tiros na cabeça de um homem em uma moto com um comparsa. Os dois conseguiram fugir. O crime aconteceu em frente a um açougue de Medellín e, aparentemente, nunca foi investigado. Afinal, a lista de inimigos da mulher era imensa, com mais de 250 homicídios na Colômbia, Flórida, Nova Iorque e Califórnia.

Me veio a dúvida: quem matou Griselda? Porém, pelas informações dos jornais da época, a polícia local nem fez questão de dar detalhes sobre possíveis investigações. Ficou por isso mesmo.

“É uma espécie de justiça poética que ela tenha encontrado um fim que entregou a tantos outros. Ela pode ter se aposentado na Colômbia e não ser o tipo de jogadora que era em seus primeiros dias, mas tinha inimigos persistentes em quase todos os lugares que você olha. O que vai, volta”.

Bruce Bagley, autor do livro Drug Trafficking in the Americas.

No momento do atentado, a madrinha da cocaína estava acompanhada da nora grávida –a parente não se feriu. A testemunha contou que a sogra não estava mais envolvida com atividades criminosas e, nos últimos anos, vivia da renda de imóveis.

Fotos de Griselda Blanco jovem e mais velha

A fortuna de Griselda Blanco

Durante os anos 1970 e 1980, Griselda liderou uma vasta rede de tráfico de cocaína que transportava até 1.500 quilos de drogas por mês por barco ou avião. Ela simplesmente criou a rota Colômbia – Miami, muito usada anos depois pela Cartel de Medellín, chefiado por Pablo Escobar. Chegou a obter receitas de US$ 80 milhões por mês.

O site Business Insider colocou Blanco como a única mulher na lista dos 10 traficantes de drogas mais ricos de todos os tempos. De acordo com a publicação, ela acumulou incríveis US$ 2 bilhões de fortuna.

Vinícius Andrade
Criador do Crônicas do Agora. Jornalista que trabalha com foco em SEO e na criação de conteúdos para diferentes plataformas. Interessado em boas conversas, textos e histórias. Já foi editor do Notícias da TV, além de ter atuado como social media, roteirista e produtor ao longo da carreira de mais de 11 anos. E-mail: viniandrade@cronicasdoagora.com.br
Últimas notícias
Séries e TV

Conheça os 10 participantes do Largados e Pelados Brasil 2024

Agora

Procon-SP analisa mudança de plano vitalício após estreia da Max